Você sabe qual é o seu Motivo?

Eu, você, todos nós buscamos reconhecimento desde o nascimento. Carl Rogers, especialista em psicologia humanista, durante pesquisas chegou à conclusão de que todos nós buscamos nos sentir importantes. Logo, temos a emoção reconhecimento, como inata ao ser humano, e que somada às emoções de afeto e pertencimento, formam a tríade relacionada a busca de todos os nossos motivos.

Partindo deste pressuposto, somos movidos, conscientes ou não, por estas três emoções, e temos através do Empreendedorismo, uma oportunidade única de vivê-las de uma forma plena e intensa.

 E como descobrir os nossos reais motivos?

 Motivação – (do latim moveres, mover…) refere-se em psicologia, em etologia e em outras ciências humanas a condição do organismo que influencia a direção (Orientação para um objetivo) do comportamento. Em outras palavras, é o impulso interno que leva à ação. Assim, a principal questão da psicologia da motivação é “Porque o individuo se comporta da maneira como ele o faz?”. Ao buscarmos os princípios que nos auxiliam compreender, por que os seres humanos e animais em determinadas situações especificas, escolhem, iniciam e mantém determinadas ações, teremos a motivação.

 Os gregos antigos tinham uma estrutura motivacional diferente. Thumos era o desejo por reconhecimento, o desejo de que as pessoas reconheçam a sua existência, não apenas agora, mas para sempre. Thumos incluía o desejo pela chama eterna, o de atrair admiração de uma maneira mais profunda do que o mero reconhecimento.

 Talvez o primeiro passo então, seja encontrar o seu motivo, o seu porquê. Talvez, ao refletir sobre esta pergunta, você encontre uma forma única de escrever, ou reescrever toda a sua historia de vida. E, ao encontrar o seu por que, irá encontrar a sua meta, o seu significado, sua razão, o motivo para fazer. E ao fazê-lo, um novo padrão de pensamentos, e comportamentos será incorporado.

Tenha certeza, o motivo está dentro de você. Todos nós temos um. Talvez ele ainda não esteja aparente, talvez esteja escondido em seu mais profundo âmago, ou quem sabe, aprisionado pela rotina, pelos problemas, pela insegurança ou pelas angústias do dia a dia.

Mas você pode descobri-lo. Só depende de você.

Então faço aqui um convite para reflexão. Para uma mudança de vida: Qual o seu Thumos? Qual o seu por quê? Qual o seu motivo?

 Vamos juntos descobrir?

Artigo publicado por Douglas da Silva  extraído do site conteudo empreededor

Ver artigo

Douglas da Silva colunista desde 21/07/2014

Empreendedor com Graduação em Marketing. MBA – Gestão Comercial / FGV. Pós Graduação – Psicologia Multifocal…

Escrever para o colunista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s